AVALIAÇÃO DE PARÂMETROS FÍSICOS E BIOLÓGICOS DE RATOS WISTAR APÓS ADMINISTRAÇÃO DE DECANOATO DE NANDROLONA

Pâmela POUBEL Faria, Cristiano Guilherme Alves OLIVEIRA, Álvaro Dutra SOUZA, Mariana GIAROLA Benedito, Marcos Machado THOMÉ

Resumo


O uso indiscriminado de esteróides anabolizantes entre os praticantes de musculação vem se tornando um problema de saúde pública (IRIART et al, 2009). Os efeitos adversos causados por essa prática afetam diversos órgãos do corpo, principalmente o fígado e os rins. Porém a pesquisa com usuários de esteróides anabolizantes é dificultada pelo fato destes não assumirem o uso. Portanto, para este estudo, foram utilizados 20 ratos Wistar, fêmeas, tratadas com doses crescentes de Decanoato de Nandrolona por quatro semanas consecutivas. O objetivo foi avaliar os parâmetros físicos e biológicos após administração de diferentes dosagens de esteroide nos animais. Os resultados demonstraram que houve alteração significativa nas médias do peso e do hematócrito dos animais, confirmando o efeito anabólico do esteroide. Constatou-se que a dosagem 2,5mg/200g causa o aumento máximo do hematócrito, enquanto 2,0mg/200g causa o aumento máximo do peso, portanto dosagens mais altas começam a apresentar efeito tóxico. Em relação às enzimas hepáticas avaliadas, AST e ALT, não houve diferença estatística entre os grupos. Conclui-se que a administração sub-crônica de Decanoato de Nandrolona causou aumento de peso e hematócrito, devido ao seu caráter anabólico, e não causou danos hepáticos do ponto de vista bioquímico.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2012 Acta Biomédica Brasiliensia

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.