DESENVOLVIMENTO DE AUTOMAÇÃO PARA IDENTIFICAÇÃO MACROSCÓPICA DE FUNGOS FILAMENTOSOS

Felipe Gonçalves PILTA, Ricardo Augusto de ALMEIDA, Flávio Buratti GONÇALVES

Resumo


O Desenvolvimento de automação para identificação macroscópica de fungos filamentosos trata-se de um equipamento cujo objetivo é automatizar o processo de identificação de imagens de forma eficiente, auxiliando desta forma a área de Biomedicina. O sistema foi alimentado com até seis plaquetas que conterão as amostras coletadas a serem analisadas. Estas amostras estarão em um magazine com movimento vertical por meio de um atuador acionado por um sensor indutivo na presença de uma plaqueta. O atuador desliza a plaqueta do magazine até a esteira aonde é tirada uma fotografia, e posteriormente é feita uma análise comparando-se com um banco de dados de imagens pré-selecionadas. Em seguida, a plaqueta avança sendo depositada em um reservatório. Este trabalho tem aplicação em laboratórios de bioanálise: aumentando a qualidade das análises, melhorando sua precisão, diminuindo o tempo e erros das análises e obtendo assim uma maior credibilidade dentro do mercado da biomedicina.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2014 Acta Biomédica Brasiliensia

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.