SÍNDROME DE IRLEN: UM OLHAR ATENDO SOBRE O FUNCIONAMENTO CEREBRAL DURANTE A LEITUR

Luíza Figueiras BICALHO, Margarete Zacarias Tostes de ALMEIDA, Márcia Reis GUIMARÃES, João Romário Gomes SILVA, Fábio FULLY

Resumo


O presente estudo tem como mote a Síndrome de Irlen,uma disfunção perceptual que está relacionada com a fonte de luz, luminância, intensidade, comprimento de onda e contraste de cor, afeta o foco esuscitado portador uma constante adaptação das distorções,causando fadiga e desconforto mediante a uma leitura lenta, ineficiente, pobre em compreensão, além da inabilidade de uma leitura contínua, com tensão, podendo também estar associado com problemas de grafia. Objetivou-se sistematizar o conhecimento acerca da Síndrome de Irlen e o comprometimento da aprendizagem em nível de graduação, num estudo de caso, cujo objeto de pesquisa versará sobre o desenvolvimento de aprendizagem de uma estudante do curso de graduação em Medicina, campus V- Itaperuna/RJ. Pesquisa qualitativa norteada pelo Estudo de caso Único, cujo aporte teórico ancorou-se em autores como Irlen; Lass(1989), entre outros. Concluiu-se que, embora seja uma condição clínica subdiagnosticada pelos principais profissionais envolvidos na área específica da Educação Médica, todos os pacientes diagnosticados com a síndrome, que são tratados de forma adequada, ou com o overlay ou com os filtros espectrais, apresentam melhorias significativas em relação a suas queixas principais, sendo que a grande maioria relata melhora em algum grau de outra condição específica da síndrome que o próprio paciente não se queixava antes do tratamento.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Acta Biomédica Brasiliensia

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.